do outro lado do rio

Duas pessoas se encontram do outro lado do rio.
Uma delas volta pra casa pela ponte, a outra assiste sua volta ao luar.
Seguiu seu contorno e acompanhou a sua sombra até a segurança do lar.
Sorrateiramente vê a porta da casa fechar.
Sua silhueta em casa se movimentar.
Tão feliz por estar bem, tão triste por não se fazer notar.
A janela se abre e, num pulo, fica sem ar.
Coragem faltava pra se aproximar.
Voltou pelo caminho errado de tanto chorar.
Lá dentro da casa, alguém, na mesma hora, começa a rezar.
Do outro lado do rio alguém contou pras estrelas que era hora de se acostumar.
Uma delas pediu pro céu mais sorte pra poder amar.
A outra, coragem pra enfrentar o azar.
A primeira não sabia como se realizar.
A segunda decidiu parar de sonhar.
Essa é a história de duas pessoas que nunca, realmente, chegaram a se encontrar.

One response to “do outro lado do rio”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *