medo de quê?

De que te amarrem e você não possa correr pros braços da mamãe?
De que te prendam num porta-malas sem vista para o computador?
De que te levem suas roupas e que viver pelado seja sua única opção?

Medo de correr sem parar e tropeçar e cair e quebrar um dente?
De ter que viver sem dente e com todos rindo com dentes de você?
De esfolar o rosto e todos te verem assim, sem máscara nenhuma?
De que demore pra cicatrizar e que você fique com uma cicatriz?

De que te roubem seus bens e você tenha que comprar outros pra repor?
De que te façam mal e que não haja quem possa lhe fazer justiça?
De que te acusem injustamente de algo que você não fez por merecer?
De você não merecer uma promoção, um adiantamento, uma demissão?
Medo de chegar em casa, abrir a porta do quarto e se deparar com uma traição?

De que te chamem de bicha, de louco, de noiado, um retardado?
De que te achem gorda, vadia, uma aleijada sem reparação?
Que te achem estranho demais, normal demais, medíocre, só mais um?
Medo de desafinar, de dançar mal, de errar o tom, o passo?
Medo de cair num buraco?

Medo de não achar uma luz?
Medo de não achar a saída?
Medo de ficar sozinho, esquecido, preterido?
Medo de ser continuamente rejeitado?

De sair de casa e não ter uma casa pra chamar de casa?
Medo de entrar no mar e se afogar?
Medo de pular de paraquedas e o paraquedas não abrir?
Medo de um acidente em terra?
De um desastre em ar?
Medo de ir embora e perder o seu espaço?
Medo de não poder conviver mais com quem já vai partir?
Medo de apenas sobreviver nesse lugar?

Medo de dizer que ama alguém?
De que quer transar?
De que não quer mais?
Medo de deixar pra trás porque você queria demais?
Medo de assumir que esse sonho acabou?
E o medo de assumir que falhou?
E de perceber que você merece mais?
E o medo de se machucar?
E o medo de ser feliz?
Ou de tentar ser feliz?
Ou de não precisar tentar ser feliz?

E o medo que vem da indecisão?
E o medo da incapacidade?
E o medo da ignorância?
E o medo da raiva, do ódio, do não-perdão?
E o medo de sentir medo?

Afinal, que medo é esse que você tem dentro de você?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *