pedaço de cosmos

Olho pro céu e me vejo poeira
Me vejo na lua
Na combinação geométrica das estrelas
Me vejo gravitando entre os planetas
Num filme premiado
Astronauta de sonhos fabricados
Me vejo foguete
Lançado ao nada
Tudo a perder
Me vejo cadente
Caindo em potência
Me vejo na cruz
Diante de uma constelação
Me vejo partícula
Infinidade de significados
Insignificância do meu infinito
Me vejo nas nuvens
Invisíveis diante da imensidão
Me vejo universalmente ligado
Num cosmos despedaçado
Que explodiu no céu
Vivendo em terra
Me vejo acordado
E olhando pro céu… vejo um pedaço de mim.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *